quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pedido de trégua do Tribunal de Justiça não passou de mais uma demonstração de reverencia diante de Gilmar Mendes


KaTriX.com.br


25/11/2009 - 15:06:00


O desembargador Paulo Cunha não disse mas, na segunda-feira, quando propôs uma trégua aos servidores, ele estava preocupado apenas em garantir que a visita do presidente do CNJ, prevista para acontecer na próxima sexta-feira, acontecesse em um ambiente de pretensa paz no Judiciário. 

Tudo seria jogado para baixo do tapete enquanto o grande chefe passasse por aqui. Os servidores demonstraram, todavia, que não estão disposto a participar dos jogos de cena propostos pela cúpula do Judiciário. 

A greve no Judiciário continua e continua cada vez mais forte, com os servidores dispostos a sustentarem a sua luta até que se supere, definitivamente, esta estranha situação, na qual magistrados dispõem de toda sorte de privilégios enquanto aos servidores sobra sempre a tarefa de segurar o rojão. 


KaTriX.com.br



Nesta tarde, numa demonstração de grande combatividade, os acampados fizeram um animado mutirão pelos corredores do Forum e conseguiram novas adesões para a sua greve. A Décima Quarta Vara Civel, de Feitos Gerais, que funcionava parcialmente, fechou inteiramente as suas portas.

http://paginadoenock.com.br/home/post/4616#comments




KaTriX.com.br