quarta-feira, 27 de outubro de 2010

HOMENAGEM A MINHA "CHEFE" POR LONGOS ANOS - MARLY CAVALCANTI PINTO



Ontem caminhando no PARQUE MÃE BONIFÁCIA, encontrei minha estimada "Chefe" - Marly Cavalcanti Pinto, da Divisão de Treinamento e Desenvolvimento do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Não fomos amigas pessoais, mas fomos parceiras no Trabalho, tudo, praticamente tudo que sei de informática, foi porque ela, sabia dos meus talentos e me EXPLORAVA ... E EU TEIMOSA ... APRENDIA.. Quando fui trabalhar com ela, alguns pessoas vieram me dizer, você está pegando um abacaxi, está "ferrada" ... eu não entendia, mas logo depois percebi ... ELA COBRAVA O CRESCIMENTO PROFISSIONAL... este era o abacaxi, seu estimulo para a pessoa, trabalhasse seus talentos.

Fui a 1ª da sala a aprender a usar o Windows e suas falicidades para digitar, as técnicas de usar uma mala direta, quando se tem que enviar milhões de cópia, impressa no original com o nome da pessoa. Isto já deu rolo ... pois quando estava aprendendo, isto na época da foto 1994, época de Dr. Adair Julieta no DRH. O fato ocorrido foi que no final do Ofício, em vezes de dizer: "Aproveitando o ensejo, estimo a Vossa Excelência ... eu digitei ... Aproveitando o ensejo, estimo a Vossa Senhoria... " apenas este equivoco no final. Mas que quase custou minha cabeça, pois um Desembargador se sentiu ofendido, com a termologia usada, um PROMONE DE TRATAMENTO, acabou com sua longa reputação, coisa que ninguém viu ... passou batido, mas para ele um OFENSA PESSOAL . Tudo resolvido, mas fiquei com a fama de não saber ler e escrever o que enviava.

A Vida seguia, MARLY, com Chefe da Divisão de Treinamento, me pedia trabalho mirabolantes na área de  Informática, ela sabia que capaz de aprender em 30 minutos, sabia que o prazo estipulado que podia ser pequeno, mas que eu iria entregar o trabalho muito bem feito. Se hoje, eu entendo muita coisa é graça uma chefe que sabia os meus talentos, só não tinha a habilidade de falar e escrever com facilidades, que acabei adquirindo nos últimos 05 anos, pois tinha o conhecimento, mas algo me travava e dava um branco total.

Após muitas terapias de TVP e alguns métodos fora do "normal", como trabalho em Centro Espírita, com meu amigo espiritual ARAKATI e um tratamento espiritual com uma amigo Paje, do Alto do Amazonas, quem me despertou para uma das minhas maiores missões,  a de chamar a atenção do mundo para a proteção da NATUREZA. Nesta missão estava ... incluído o pacote: ME EXPRESSAR COM FACILIDADE.

Já que já tinha muitas habilidades, por isto que esta minha ex-chefe, que na realidade era "Coach" no local de trabalho, me fez o que sou HOJE ...  sei fazer um monte de coisa, a facilidade para assimilar é imensa, depois que comecei a expressar o que penso, ficou melhor ainda, pois esta habilidade era da minha "Coach" e não minha, pois na área de treinamento, cada um funcionário tinha sua habilidade valorizada por esta grande mulher.

MINHAS HOMENAGENS, MEUS AGRADECIMENTOS, POR TUDO QUE ME FEZ APRENDER DURANTE OS 10 ANOS (1994-2004) QUE TIVEMOS JUNTOS TRABALHANDO NA ÁREA DE TREINAMENTO.

FOI VOCÊ, MARLY CAVALCANTI PINTO, QUE ME ENSINOU O PRAZER PELO TRABALHO, O GOSTO DE FAZER BEM TUDO E A IMENSA SATISFAÇÃO DE PODER DIZER ... FUI EU QUE FIZ. SAIU QUASE PERFEITO.






Ps.: Tendo em vista a minha aposentadoria obrigada, porque tinha uma outra usando meu RG 17.139.246 - de SÃO PAULO, fiz esta homenagem para a pessoa que me deu a oportunidade de saber e que me ensinou que o conhecimento é tudo.  Please, meus pais também me deu educação, ela apenas seguiu com "treinamento in loco".


Help, infelizmente, a pessoa que se passou por mim é evangélica. E turma que está atrás, a maioria também são evangélicos. Não dá mais ... vocês foram desmascarados.