sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Conversando com DEUS - Wagner Marins


Hoje me peguei conversando com Deus.

Falei das minhas aflições, falei das minhas indignações.

Falei do homem que ignora os valores do próprio homem.

Falei do homem que agride a natureza pelo dinheiro sujo.

Falei do homem que endureceu seu coração por meio da ganância.

Falei dos corruptos acobertados pela impunidade.

Falei da criança suja debaixo dos viadutos.

Falei do velho que morre sozinho na cama de um asilo ou na calçada fria.

Falei da indiferença e da arrogância em prejuízo da dignidade humana.

Falei da desigualdade estampada pela ostentação e miséria.

Falei do homem desesperado sem trabalho que volta para casa sem saber o que dizer a seus filhos.

Mas falei também da esperança que ainda sobrevive através de atitudes de seres humanos de bem, que doam de si para o alívio do sofrimento alheio.

E ELE me disse: “escreva, pois estará a meu serviço...”



(Wagner Marins)