sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Planeta Terra a nova morada

O Planeta Terra está passando por um processo de mudança, tudo em seu tempo, a vida na Terra terá sua continuação por milhões de anos, então temos tempo de mudar de atitude.


ORS - NOSSO SISTEMA SOLAR  (Constelação de SAGITÁRIO)



Mas não se engane, que seu comportamento de hoje, será sua DEGREDAÇÃO AMANHA.

Capela foi um lindo planeta, mas muitos "espíritos" foram degredados deste planeta para viver na Terra... sem a mínima condição de sobrevivência, portanto os Homo Sapiens, em seus conhecimentos adquiridos em muitas moradas, resolveram DAR UM NOVO CAMINHO A TERRA. O meu reino não é deste mundo ou melhor, na casa do meu PAI, tem muitas moradas.











Construíram
piramides, projetaram grandes Templos, desenharam figuras imensas sem a minima estrutura de conhecimento, fizeram muita coisa ... hoje continuam por aqui, seus conhecimentos de Informática traduziram suas habilidades em tecnologias para todos, eles são feras nesta área... paixão ... mas alguns viram Hacker ... mas vieram para MUDAR O MUNDO.





Querem voltar para CAPELA ... então resolveram construir NAVES ESPACIAIS e conquistar o espaço ... SAUDADE DE CASA, faz isto. Mas sabem que o Planeta Terra, tornou-se sua morada, há muito tempo.




 
PRECISAMOS MUDAR DE VIDA ... o Planeta TERRA precisa de atenção, porém há espécies que estão em extinção, mas isto ocorre em todo o universo, transformação da vida em vida.

Texto - Cláudia Fanaia Dorst















Texto abaixo pesquisa na INTERNET:


Atualmente, as zonas habitáveis de
Capella Aa ou Ab são mais distantes externamente do que a distância orbital média entre estas duas estrelas. (Se considerarmos como únicas estrelas do sistema, a órbita de um planeta “algo semelhante” à Terra, ao redor de Aa, seria centrada atualmente em torno do AU 8.7 -- justo dentro das distâncias orbitais de Saturno no sistema solar, e para a órbita da zona habitável de Ab teríamos aproximadamente AU 7.8, entre as distâncias orbitais de Jupiter e Saturno.) 



E somente poderia ter ocorrido durante um tempo muito curto levando-se em conta a combinação das fases das duas estrelas no presente. Se levarmos em conta a combinação do par Aab a zona habitável avança para algo próximo de 12,5 AU externamente ao binário.


http://literatura-espirita.blogspot.com/2008/03/segundo-fator-no-h-qualquer-planeta.html














Constelações da Bandeira

Abaixo, temos a parte da bandeira do nosso país onde há a representação parcial ou total das principais estrelas de algumas constelações. As estrelas da bandeira brasileira representam os estados e o Distrito Federal do nosso país, sendo 26 estrelas para os estados e uma para o Distrito Federal.

 

O céu representado na nossa bandeira corresponde ao céu da cidade do Rio de Janeiro no dia e hora da Proclamação da República, que aconteceu no dia 15 de novembro de 1889, às 08h30min. Neste horário, não havia estrelas visíveis no céu além do nosso Sol, pois a luz dele, espalhada na nossa atmosfera, ofusca o brilho das outras estrelas. Mas mesmo assim, os astrônomos sabiam as constelações que estavam no céu naquele momento.
Segundo a Lei nº 5.700 de 1º de Setembro de 1971, as estrelas representadas na bandeira devem ser postas como se estivessem sendo vistas de fora da esfera celeste. Por causa disso, as constelações aparecem “espelhadas” (invertidas). Veja abaixo um exemplo.


Numa constelação, a estrela mais brilhante recebe o nome de alfa; a segunda mais brilhante recebe o nome de beta; a terceira mais brilhante recebe o nome de gama, e assim por diante, sempre de acordo com a ordem alfabética do alfabeto grego. Temos assim: alfa crux, beta crux, alfa leonis, beta leonis e ect.