sexta-feira, 18 de novembro de 2011

FAÇA AMOR, NÃO FAÇA A GUERRA - Campanha contra o ódio exibe cartaz com 'beijo gay" ...


FAÇA AMOR, NÃO FAÇA A GUERRA - Campanha contra o ódio exibe cartaz com 'beijo gay' do Papa Bento 16. E Hugo Chavez dando um beijo de língua em Barack Obama

16/11/2011 - 15:41:00
 A campanha contra o ódio também prega o diálogo entre o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas (esq.)
 A campanha contra o ódio também prega o diálogo entre o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas (esq.)
 A montagem acima mostra "beijo" do papa Bento Bento XVI com o Imã do Cairo, Safwad Hagazi, a autoridade religiosa dos muçulmanos do Egito
 A montagem acima mostra "beijo" do papa Bento Bento XVI com o Imã do Cairo, Safwad Hagazi, a autoridade religiosa dos muçulmanos do Egito
 Campanha também prega a paz entre Obama e o presidente venezuelano, Hugo Chávez (dir.)
 Campanha também prega a paz entre Obama e o presidente venezuelano, Hugo Chávez (dir.)
 Um pedido de paz entre as Coreias foi simbolizado com um beijo entre o líder norte-coreano, Kim Jong-il, e o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak
 Um pedido de paz entre as Coreias foi simbolizado com um beijo entre o líder norte-coreano, Kim Jong-il, e o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak

A empresa italiana Benetton lançou nesta quarta-feira uma polêmica campanha contra o ódio e o preconceito com cartazes espalhados pelas cidades de Roma e Milão que trazem figuras internacionais trocando beijos, entre elas o papa Bento XVI. A campanha faz parte das ações da fundação Unhate (Deixe de odiar, em português), criada e patrocinada pela Benetton.

Uma faixa com a montagem do papa Bento XVI beijando o Imã do Cairo, Safwad Hagazi (a autoridade muçulmana do Egito), foi estendida na Ponte dell'Angelo, em Roma, localizada nas proximidades do Vaticano,

O site oficial da fundação Unhate divulgou as montagens na manhã desta quarta-feira. Mas antes do lançamento oficial, pedestres curiosos já haviam fotografado as faixas espalhadas por Roma e Milão e as imagens foram divulgadas pela mídia italiana.

A campanha também traz montagens envolvendo os presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, da China, Hu Jintao, da Venezuela, Hugo Chávez, da França, Nicolas Sarkozy, entrou outras personalidades.