quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

CRIAR ... CRIAÇÃO ... MAGIA



Criar são como as contrações maternas
Que são intercaladas por dor e prazer
Suor e respiração ofegante

Criar é saber que trará à luz
Um ser tão maravilhoso, delicado
E forte ao mesmo tempo
Para povoar esse mundo
Tão carente de amor e paz

Esse ser são os versos
Que alcançam o coração mais sofrido
E se compadece dele

Criar é a manifestação luminosa do amor
Que não tem um tempo exato para florescer
Depende do seu criador

Criar é alimentar o espírito
Fortalecer a alma

Banhar o corpo com o astro rei
Ainda que timidamente

É deixar fluir o sentimento de gozo
É abraçar a calmaria logo após o seu nascimento
Criar é ter vida correndo nas veias

Fé onde não enxerga-se nada
Esperança no desconhecido
É a certeza de que o sublime
Está ao nosso lado

Criar é a fonte inesgotável de inspiração
Que pode chegar à noite
Ou com a aurora brilhante

Criar é encontrar-se consigo 
Numa dimensão inexplorada
Onde a consciência torna-se afoita, fagueira
À procura do seu eu

Criar é um dom que pode dividir opiniões
Porém, cada qual tem a sua maneira peculiar
De demonstrar ao que veio
Nessa Terra tão abençoada e cheia de fel!


http://redescobrindoaalma.blogspot.com/2011/06/criar.html