sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

O QUE É MEDIUNIDADE E ESPÍRITO ZOMBETEIRO - Visões diferenciadas

Site pesquisa
Sinônimos:
Os médiuns, aqueles que tem o dom da mediunidade, foram chamados das mais diversas formas durante o correr da história:
Pítons, pitonisas, siblilas, profetas, videntes, sacerdotes, oráculos, magos, bruxas, hierofantes, Rishis, feiticeiros, curandeiros, adivinhos, necromantes, etc.
Importância na História:
Eram consultados para as mais tolas decisões e muitas vezes viviam profissionalmente desse dom. Foram conselheiros de Reis e dirigentes de grupos religiosos poderosos.
Na Idade Média, muitos médiuns foram perseguidos, torturados, queimados vivos nas fogueiras da inquisição sob a acusação de bruxaria, o exemplo mais conhecido é da guerreira francesa Joana D’arc.
Mediunidade na Bíblia:
É interessante observarmos que na própria história bíblica, história do povo hebreu, está documentada a mudança do substantivo que era usado para designar o indivíduo portador do dom da mediunidade. Inicialmente eram conhecidos como videntes. Mais tarde, aqueles que permitiam o contato do mundo físico com o mundo espiritual, foram conhecidos como profetas.
Antigamente em Israel,todos que iam consultar Iahvéh assim diziam:Vinde vamos ter com o vidente (roêh); por que aquele que hoje se chama profeta (navi), se chamava outrora vidente(roêh).”“.
I Samuel 9,9
O termo profeta é derivado do grego prophétes que significa alguém que fala diante dos outros, no idioma hebraico o termo têm um significado mais amplo: aquele que anuncia.
Em inúmeras passagens Bíblicas os profetas dialogam com anjos, ou os vêem. Anjo no idioma hebraico tem o sentido de mensageiro. Então vemos que os profetas viam ou ouviam os mensageiros de Deus.
Isso, em linguagem contemporânea traduz-se por: médiuns que vêem ou ouvem Espíritos. Espíritos esses que, muitas vezes, são realmente mensageiros da Luz Divina, outras vezes não. São responsáveis pela transmissão, para o mundo físico, dos ensinamentos Divinos necessários à redenção da alma humana.
Na Bíblia encontramos documentados vários tipos de mediunidade, citaremos apenas alguns exemplos como ilustração. Mediunidade de audiência, Noé, Gênesis 6,13; mediunidade de clariaudiência, Abrahão, Gênesis 12; mediunidade de vidência e audiência, Agar, Gênesis 16, 7-12; mediunidade e materialização, Abrahão, Gênesis 18,1-3 e Jacob 32, 23-33; mediunidade onírica, Jacob, Gênesis 28,10-19; mediunidade de efeito físico (voz direta), Êxodo 3, 1-22.
Existe uma corrente de pensamento no meio cristão tradicional que defende a tese de que Moisés teria condenado a mediunidade ou os médiuns. Teria ainda condenado a comunicação com os Espíritos. Isso não é o que efetivamente encontramos no texto bíblico.
Moisés saiu e disse ao povo as palavras de Iahweh. Em seguida reuniu setenta anciãos dentre o povo e os colocou ao redor da Tenda. Iahweh desceu na Nuvem.
Falou-lhe e tomou do Espírito que repousava sobre ele e o colocou nos setenta anciãos.
Quando o Espírito repousou sobre eles, profetizaram; porém, nunca mais o fizeram.
Dois homens haviam permanecido no acampamento:
um deles se chamava Eldad e o outro Medad.
O Espírito repousou sobre eles; ainda que não tivessem vindo à Tenda, estavam entre os inscritos.
Puseram-se a profetizar no acampamento.
Um jovem correu e foi anunciar a Moisés:
“Eis que Eldad e Medad”, disse ele, “estão profetizando no acampamento”. Josué, filho de Nun, que desde a sua infância servia a Moisés, tomou a palavra e disse: “Moisés, meu senhor, proíbe-os!”
Respondeu-lhe Moisés:
“Estás ciumento por minha causa?
Oxalá todo o povo de Iahweh fosse profeta, dando-lhe Iahweh o seu Espírito!”
A seguir Moisés voltou ao acampamento e com ele os anciãos de Israel.

Números 11, 24-30





Você sabe que O DIABO É UM ESPÍRITO ZOMBETEIRO e procura ridicularizar a Palavra de Deus?

Espírito zombeteiro

Site pesquisa -
http://www.abibliaevoce.com.br/2008/09/esprito-zombeteiro.html#!/2008/09/esprito-zombeteiro.html


Pro 21:24 Quanto ao soberbo e presumido, zombador é seu nome; ele procede com insolente orgulho.
2Ti 2:15 Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
"Ele está com um espírito zombeteiro"! Isso é um jargão de uso muito comum daqueles pregadores que desejam manipular multidões ao invés de pregar a Palavra de Deus, pois como são manipuladores de falsos milagres e não procuram conhecer a Bíblia Sagrada em sua essência, ao contrário, inventam com soberba e presunção seus falsos e heréticos ensinos, estes falsos pregadores, segundo o versículo extraído de Provérbios é que são os verdadeiros zombeteiros, pois chegam à soberba de se fazerem donos da obra de Deus dizendo até que em "meu trabalho" acontece isso ou aquilo.

O verdadeiro cristão não deve recorrer a esse tipo de manipulação de massas, fazendo-se de vítima para angariar simpatia do povo. O verdadeiro cristão irá se esforçar para aprender cada vez mais da Bíblia para que quando seja provado em seus próprios erros e incoerências encontre-se aprovado sem ter do que se envergonhar, pois conhece bem a Palavra de Deus que tem toda a autoridade da Verdade. É a Palavra de Deus bem conhecida e ensinada à igreja que dá autoridade a um ministério, e não manipulações maliciosas para desacreditar outros como zombeteiros num momento de contestação, pois se assim o fazemos, nós é que nos tornamos os possuídos por espírito de zombaria.

O pior para um servo de Deus não é ser contestado, pois se crucificaram a Cristo, porque não sofreríamos nós? O pior para o servo de Deus é se orgulhar e se presumir grande autoridade espiritual, pois é aí que nos tornamos verdadeiramente zombeteiros e nos comparamos aos ímpios e infiéis deste mundo.



Ps.; Pesquisa não terminada ... vou ter que parar, tenho que preparar a vida dos meus filhos.