quarta-feira, 18 de abril de 2012

Igreja de SÃO FRANCISCO DE ASSIS






Hoje, estava andando no Parque Mãe Bonifácia, com minha amiga Maurília, aposentada do Poder Judiciário, ela reparou que os animais estava a nossa voltada, isto acontece com qualquer, só que no meu caso, a quantidade é maior.

Isto ocorreu em Madrid, em Segovia, Toledo e em Ávila, a quantidade de pássaros, a minha volta ... não tente entender, pois isto é algo de família, meu avô Belizário de Almeida, adorava este assunto de paranormalidade ... isto quer dizer, que ele tinha o dom, passa de pai para filho.

Quando chegava, na UFMT, algum tempo atrás, quando tinha um Leão de um circo,  no  ZOO,  ele sentia meu cheio, começava ruivar, um dia apareci na sua frente, ele me pediu carinho ... tive que dar... rsrsrs ... oh vontade de me dar um abraço.

Não gosto de falar sobre isto, pois as pessoas não entendem... falar com os animais é coisa de louco, NÃO é coisa de gente predestinada a fazer o BEM.

Hoje, aqui em casa, os passarinhos sumiram, mas tem gatinhos e muitos gaviões no céu, o que espanta os animais menores. Mas meu Pit Bul vivem em harmonia com meus gatos... são amigos ... e o Todias adora os gatos negros, uma paixão desde pequeno. Mas tem uma negrinha, chamada Maria Brava, que não dá bola para ele, quanto mais ele tenta fazer amizade com ela, mas ele apanha.

Mas falando sobre Madrid, entrei nesta Igreja de São Francisco de Assis, estava sendo realizada uma missa, parei, ME CURVEI diante do SANTO, que tenho afinidades e assisti a uma missa em Espanhol. AMEI ... ME SENTI EM CASA ... Irmão SOL e irmã LUA.

MANDO UM GRANDE ABRAÇOS, AOS FRANCISCANOS, QUE ME ATENDERAM MUITO BEM E QUE ME VENDERAM MUITOS OBJETOS, QUE DEI A MINHA FAMÍLIA, QUE É MUITO CATÓLICA.