sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Sou contra a GANGUE DO MAL

SOU CONTRA O DOMINIO DA RELIGIÃO NO MUNDO, pois a fé mal conduzida, cria tiranos, facinoras e despostas.

SOU A FAVOR, DE TODOS TEREM SEUS DIREITOS E ESCOLHAS ... CADA POVO COM SUA CULTURA E RELIGIÃO.


 

Igreja de Hitler - Igreja do 3º Reich - Nazi-protestante ..
Os Cristão Alemães lêem o evangelho III Reich

Em 14 de julho de 1933, o governo de 
Hitler aprova uma nova Carta para a Igreja Protestante.




ABAIXO A GANGUE DO MAL ... esta gangue quer criar um novo regime ... NAZI-PROSTESTANTE,  IGUAL  A  ADOLF HITLER.

 








 

Assembléia "Deutsche Christen" - 13/11/1933 - Berlim


 Querem pagar o preço ... de outra guerra mundial?

Começam amando a Jesus e não respeitam o direito do outro de ter sua livre escolha. 




ABAIXO AOS FASCINORAS,
AOS DESPOSTAS, AOS TIRANOS


DIGO SIM A LIBERDADE DE TODOS OS POVOS
DE TODAS AS RAÇAS
DE TODAS AS RELIGIÕES
DE TODAS AS CULTURAS
DE TODAS AS CONVICÇÕES


SE VEJA NESTA FOTO - Você é igual a que seguiram este homem:

O odio deste homem, levou a 2ª Guerra Mundial ... ele contaminou a mente humana
e fez atrocidade para se manter no poder... apesar que tinha razão de não gostar de Judeus
mas não lhe dá o direito, de tirar VIDAS. E fazer outros a fazer o mesmo.

Agora, posso dizer, que na guerra existe 2 lados e os outros se tornaram ESQUIZOFRENICO PARANÓICO EM SUA COLETIVIDADE também ...
Isto quer dizer, PENSE POR SI MESMO, não se deixei influenciar pela loucura alheia.

CUIDE-SE ... QUE A COERÊNCIA IRÁ VOLTAR.


Sabe, ADOLFO HITLER, utilizou a igreja para dominar a consciência humana, usou o seu poder emocional e de sedução, para conduzir a massa a guerra.


Isto é perigoso ... em vez de tornar a Pátria do Evangelho, se tornar a Pátria da DESTRUIÇÃO


Está circulando na internet que o PAPA BENTO 16, foi soldado alemão, aos 16 anos, porém isto está ligado, as obrigações com o SERVIÇO MILITAR, quanto ao HILTER, a sua escolha, foi algo pessoal, criou a Igreja NAZI-PROTESTANTE, para dominar o povo Alemão, por meio da fé.
Veja a sua história:


POR FAVOR ... A COERÊNCIA, NESTA HORA, É ESSENCIAL. 


Um pouco a sua HISTÓRIA e FILOSOFIA:


Foi criada em julho de 1933, quando os representantes das igrejas protestantes alemãs que se sujeitaram a isso (na maioria dos casos, forçadamente) escreveram uma constituição para uma Igreja do Reich, criada a partir da fusão das 28 igrejas luteranas e reformistas alemães, que englobavam em torno de 48 milhões de adeptos. Sua criação foi formalmente reconhecida pelo Reichstag no dia 14 de julho.[7] Adolf Hitler disse: "Por meu intermédio, a igreja Protestante poderia tornar-se a igreja oficial, como na Inglaterra".[8] Apesar da tentativa do partido nazista, a Igreja do Reich porém não conseguiria nazificar com êxito os protestantes e, já em 1934, suas relações com a Alemanha nazista começaram a se deteriorar, e a partir de 1936, os resistentes que não se sujeitaram a força do Reich, passaram a ser presos e mortos.

[editar]Ideologia

A ideologia da Igreja do Reich era baseada no "cristianismo positivo".[9] Durante a Segunda Guerra Mundial o regime nazista visava aplicar um programa de trinta pontos para a Igreja do Reich, no qual, pretendia-se substituir o cristianismo pelo paganismo germânico,[7] eles foram apresentados por Alfred Rosenberg, editor do Völkischer Beobachter, assumidamente pagão, dentre os pontos mais importantes estão:
1. A Igreja Nacional do Reich da Alemanha afirma categoricamente o direito e o poder exclusivos de controlar todas as igrejas na jurisdição do Reich: declara serem elas as igrejas nacionais do Reich alemão.
5. A Igreja Nacional se dispõe a exterminar irrevogavelmente (…) as crenças cristãs estranhas e estrangeiras trazidas para a Alemanha no malfadado ano de 800.
7. A Igreja Nacional não tem escribaspastorescapelães ou padres, mas oradores do Reich para falar em seu nome.
8. O ariano Jesus, teria lutado corajosamente para destruir o Judaísmo e teria caído vítima na luta, assim os alemães agora estariam exortados a chegar a serem vencedores na própria luta de Jesus contra os judeus.
13. A Igreja Nacional exige a imediata publicação da cessação e difusão da Bíblia na Alemanha.
14. A Igreja Nacional declara que para ela, e consequentemente, para toda a nação alemã, ficou decidido que Minha Luta, do Führer, é o maior de todos os documentos. Ele (…) não somente contém a maior, mas incorpora a mais pura e verdadeira moral para a vida atual e futura de nossa nação.
18. A Igreja Nacional retirará de seus altares todos os crucifixos, bíblias e santos. Sobre os altares não deve haver nada além de Minha luta (para a nação germânica e , portanto, para Deus o livro mais sagrado) e à esquerda do altar uma espada.
30. No dia de sua fundação a cruz cristã deve ser removida de todas as igrejas, catedrais e capelas e deve ser substituída pelo único símbolo inconquistável – a suástica.[10]