sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Homenagem a OSCAR NIEMEYER




A Vida é um sopro" 
Arquitecto brasileiro Oscar Niemeyer morreu no Rio de Janeiro aos 104 anos.

O mais importante criador brasileiro
O último grande arquiteto modernista visionário.

Descrito como o maior arquiteto vivo e em plena atividade, o mais importante criador brasileiro, o arquiteto que realizou o maior número de importantes projetos construídos na história da humanidade, e um dos mais reconhecidos em todo o mundo, Oscar Niemeyer trabalhou quase até ao último dia da sua vida.
Autor do Hotel e Casino Pestana inaugurado em 1976 no Funchal - o seu único projeto em Portugal -, o arquiteto não entrou para a história somente pelos emblemáticos edifícios de Brasília, como a catedral da capital brasileira, o Palácio do Planalto e o Palácio da Alvorada, edifício identificado pela forma dos pilares da fachada que deu origem ao símbolo e emblema da cidade, presente no brasão do Distrito Federal e Congresso Nacional. Assinou mais de 600 obras de referência em quase todo o mundo, tendo sido o autor, junto com Le Corbusier, do projeto da sede da ONU, nos EUA.

"A idade não é importante. O que nós criamos não é importante. Somos muito insignificantes. O que é importante é ser tranquilo e otimista".

"Não é o ângulo recto que me atrai, nem a linha recta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein."

Sempre "atrás de novas curvas"
Oscar Niemeyer

EcoCasa Portuguesa
http://www.facebook.com/ecocasaportuguesa