sábado, 23 de março de 2013

MINHA FAMILIA ALMEIDA - PORTUGAL


Pequena história da Família ALMEIDA - Portugal

Meu avô e meus tios-avôs.
Meus avôs paternos e tios-avos da FAMILIA ALMEIDA, em OLIMPIA-SP

Gustavo de Almeida e Júlia Monteiro de Almeida
Meus bisavós por  parte de avô paterno
Meu avô BELIZÁRIO DE ALMEIDA, natural de Barreto, 1903,  vem de uma família vinda no século passado, da cidade de ALMEIDA, no Distrito de GUARDA,  em PORTUGAL.

Seu pai GUSTAVO DE ALMEIDA e de sua mãe JÚLIA MONTEIRO DE ALMEIDA,  eram enviado de D. PEDRO, para passar informações sobre a Colônia e agora Republica Federativa do Brasil, a Portugal.

Dominando a Língua Portuguesa, com conhecimento em várias áreas de engenharia, estava aqui para dar andamento aos projetos da COROA PORTUGUESA, no BRASIL. Tinham a missão de colocar o BRASIL, na modernidade.

Vem da Nobreza PORTUGUESA, D. Pedro I, e também ESPANHOLA, com indicação, de serem parentes do REI JUAN CARLOS, na Espanha. 

Segundo informação, a Cidade de ALMEIDA, esta dentro de uma fortaleza, no Distrito de GUARDA,  na divisa de Portugal e Espanha. Pelo que sei é uma localização estratégica.

CIDADE DE ALMEIDA


As cidades são realmente um tema fascinante. Se por regra nascem espontaneamente por acumulação de construções junto a um rio ou a um caminho, também as há que são preconcebidas, o seu traçado ditado pela geometria, pela imaginação e pela abstracção do Homem. São fascinantes porque, aparentemente, contradizem tudo o deve ser uma cidade. É nisso que se pensa quando se olha para uma cidade como Almeida, situada no distrito da Guarda, em Portugal, com a sua improvável forma estrelada.

Mapa de PortugalA cidade é bastante antiga e, mercê da sua localização geográfica estratégica, desde sempre possuiu vocação militar. Durante o século XVIII desempenhou um importante papel defensivo aquando das invasões francesas, altura em que foi reforçada e ampliada para o seu estado actual. Mas porquê a forma hexagonal estrelada?

As fortificações poligonais datam do século XV. O seu desenho é atribuído ao arquitecto italiano Filarete como resposta às novas armas, tais como canhões e bombardas, que o exército francês possuía e com que atacava as cidades italianas. Com esta forma não só as muralhas ficavam menos expostas às armas inimigas como também se dispunha de múltiplos ângulos de fogo ofensivo e defensivo, os famosos bastiões triangulares - as "pontas" da estrela.

Durante os duzentos ou trezentos anos que se seguiram a engenharia militar desenvolveu este modelo, acrescentando-lhe torreões, fossos e redutos, tornando-o num caso de sucesso que se disseminou rapidamente por toda a Europa. Apenas já no século XIX o aparecimento dos projécteis explosivos, os obuses, veio tornar obsoletas as capacidades defensivas deste tipo de cidades.

A expansão colonial das grandes potências europeias da época - Inglaterra, França, Portugal - arrastou atrás de si o arquétipo da cidade poligonal que veio a revelar-se bastante adequado em territórios hostis. É esse o motivo porque encontramos actualmente cidades fortificadas de planta estrelada um pouco por todo o mundo, dos EUA ao Japão, triunfo de um conceito abstracto sobre a natureza genuína da cidade, nem por isso menos fascinante.


 Arquitectura Arquitetura Cidades Estrela Fortaleza Fortificacao Urbanismo Engenharia Militar
Almeida, Portugal
 Arquitectura Arquitetura Cidades Estrela Fortaleza Fortificacao Urbanismo Engenharia Militar


Leia mais: http://obviousmag.org/archives/2008/02/cidades_fortifi.html#ixzz2HJDqJd2O


FOTO DA CIDADE DE ALMEIDA

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-fortaleza-de-almeida-14605

http://www.cm-almeida.pt/Paginas/default.aspx

http://www.cm-almeida.pt/tudosobrealmeida/mapasdealmeida/Documents/Planta_Almeida.pdf

http://www.cm-almeida.pt/tudosobrealmeida/mapasdealmeida/Documents/mapa_concelho_pdf.pdf

Internet

Sendo assim, justifica, os conhecimentos do meu avo BELIZÁRIO DE ALMEIDA e seus filhos, na área de PROJETOS ARQUITETÔNICOS E DE URBANISMOS.

Família em NOVA OLIMPIA em BARRA DO BUGRES, meu Tio WILSON DE ALMEIDA, como Prefeito de Barra do Bugres, década de 1970, antes da sua morte, quando Prefeito.




Tio WILSON DE ALMEIDA  -  Barra dos Bugres


Toponímia da Vila

Existem várias versões para origem do nome Almeida. Mas o que todos concordam é que o nome é de origem árabe. Uns referem que vem do árabe Al Mêda e que significa a mesa, pelo facto da povoação se encontrar situada num vasto planalto, no planalto das mesas. Há também quem afirme que vem do árabe Atmeidan que significa campo ou lugar de corrida de cavalos. Frei Bernardo de Brito, natural de Almeida e cronista-mor do reino, afirma derivar, Almeida, da configuração do terreno em que a Vila se encontra edificada e cujo nome original é Talmeyda.
A lenda diz que a sua origem vem de uma mesa cravejada de pedras preciosas que em tempos existiu naquele lugar. 

De tantas versões o que parece correcto é que o termo Almeida tem a sua origem árabe, dado que o prefixo al é dessa proveniência.

http://www.cm-almeida.pt/tudosobrealmeida/historiadealmeida/Paginas/default.aspx