segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Dança da Cadeira

 1234


1068861_503451406401090_128790792_n
Você já ouviu falar da Dança da Cadeira ou então da Dança do Colo?

Então vamos lá…

Esta é uma brincadeira erótica que vai atiçar a imaginação dos dois. Dançar em volta de uma cadeira, seduzindo quem está sentado nela é muito comum em casas de strip tease. Mas na sua casa é novidade!
O que você vai precisar para isto?

Bem, uma música arrasadora (e que ele goste, de preferência. Já pensou que toda vez que ele ouvir esta música vai lembrar deste momento?), uma cadeira (de pés bem firme, por favor!), o seu amor e você, uma mulher poderosa e cheia de atitudes!

Como ela funciona…
Peça que seu parceiro sente em uma cadeira, nu de preferência. Mas pode ser de cueca mesmo, depois você pode arrancar como quiser! O que vale é o jogo de sedução. Você vai dançar ao redor dele com o intuito de provocá-lo até situação extrema e limite perigoso! A regra é proibir o toque das mãos dele, que provavelmente irão desobedecer a todo instante. Caso contrário, a brincadeira acaba.
Para evitar trapaças da parte dele, você pode amarrá-lo usando um lenço, uma gravata, uma calcinha sua e até mesmo uma algema! Para vestir, use uma lingerie provocante (tipo bombástica para eventos como este..rsrs); por cima desta pode ser um penhoar, uma capa, uma toalha ou quem sabe até uma camisa dele. Pode até colocar uma máscara, quem sabe… só pra brincar de fetiches um pouquinho. Lembre-se: SURPREENDA nos detalhes!
Escolha uma música forte! Daquelas bem poderosas, que te faça se sentir a mulher mais gostosa deste planeta! O olhar neste jogo é tudo, por isso, não poupe em olhares ousados, ardentes..legítima expressão do desejo. Vai ficar com vergonha de olhar pra ele? Não tem problema! Mire num ponto invisível no meio da testa dele e faça de conta que está olhando em seus olhos…Comece dançando de frente para ele, tire o que estiver usando e jogue longe.
Provoque-o usando tudo o que tem. Nessas horas, vale usar mãos, virilha, seios, boca, bumbum, pés. Uma boa é você ficar por trás do parceiro, para que ele não te veja e deixar que sinta suas mãos percorrendo seu corpo. Passe seu rosto pelo pescoço, região pélvica (mais conhecida como ‘playground’) e faça chover!! Você entende muito bem estas entrelinhas que eu sei, menina esperta! Lamber, morder, beijar, assoprar, dar uma arranhada com suas unhas… tudo está valendo! Tortura erótica é a palavra de ordem.
Para provocá-lo com o bumbum, dance, rebole, sente no meio de suas pernas, esfregue seios e virilha… e assim por diante. Não preciso descrever muita coisa. A esta altura, tenho certeza que sua criatividade já ligou o botão do ‘play’ e deve estar a mil….
Para excitá-lo ainda mais, tire a lingerie peça por peça, bem devagar na frente dele. Então sente no colo dele, cara a cara, olho no olho, sorriso sarcástico prometendo loucuras. Rebole, dance mais um pouco, esfregue-se até ele soltar as amarras (ou você pode fazer o favor de soltá-lo quando bem entender). Então só neste momento, permita que ele a toque.
O resto fica por conta de vocês… Eu só lancei a sementinha do pecado! rsrs
Escrito por Andrezza Palacios – 10/11/2013