terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

MUNDO SEM AIDS

O Brasil acaba de dar um passo extraordinário na corrida mundial por uma vacina definitiva contra a Aids. 

Considerada um flagelo da humanidade, a doença é causada pelo vírus HIV, que ataca o sistema imunológico.

Pesquisadores da Universidade de São Paulo, a USP, anunciaram esta semana resultados positivos nos testes de uma vacina injetada em macacos.

A previsão é que em três anos os testes possam ser feitos em humanos.

A vacina contra a AIDS começou a ser pesquisada no Brasil, em 2002, no laboratório do Instituto do Coração de São Paulo, na Faculdade de Medicina da USP e no instituto Butantan.

Durante a pesquisa, macacos rhesus receberam doses de uma vacina desenvolvida a partir de fragmentos de HIV, o vírus causador da doença.

Os testes, que já haviam sido aprovados em camundongos, mostraram resultados surpreendentes nos primatas.

Leia mais no link: http://glo.bo/1h1YXq9