quinta-feira, 17 de julho de 2014

Tem cada um... eu heim... e daí se tenho 46 anos.

Adicionar legenda


Bom gente, eu já vivi o suficiente para saber o que é certo e o que é errado.

Mas posso dizer que as aparências enganam muitas pessoas, as vezes, não ... mas tudo isto se diz, e a gente faz quando aprendemos a nos observar e a observar o outro.

Estudar comportamentos é a melhor maneira de entender o ser humano, a gente pode até enganar por algum tempo, mas a vida é mágica, um dia tudo se desfaz e mostra a verdadeira essência.

EU ESTOU AQUI... QUERO ENTENDER O PORQUE QUE TENHO QUE ACEITAR AS OPINIÕES ALHEIAS.

Tudo bem, tenho 46 anos, aproximando dos 50 anos, ainda em forma, além de independente.

Fiz muita coisa por dinheiro, que é o meu trabalho e estudo. Não nego, eu fiz para ter dinheiro e independência. Queria ser livre, então aos 17 anos comecei a dar aulas.

Mas também fiz muita coisa por prazer, como viajar, conhecer pessoas, namorar, até ter filhos.

Mas chegando ao absurdo que quero dizer e reclamar, dizem que tenho que ´dar a bunda´ porque a vizinha deu e que seu namorado Walber, a enganou. Tenho que fazer isto porque a pobrezinha foi enganada pelo noivo, recebeu uma aliança, para se entregar a ele. CRUELDADE, HEIM ... que cara mala, ele na minha mão tinha ganhado um grande safanão e bela lição. Apesar que jamais ficaria com ele, tipo como elE, sei bem como lidar. E também, porque tenho que fazer o que a outra fez... NÃO, EU NÃO PRECISO PASSAR PELA MESMA SITUAÇÃO, JÁ SEI DO RESULTADO.

Agora, que tentar que eu faça o mesmo que a outra, é uma coisa, que eu vou decidir sozinha, ninguém fará isto por mim. EU DOU A BUNDA SE QUISER ... como não quero, SE DER, VAI SER POR DINHEIRO... 1.000.000,00  dólares é a pedida, se não tem este dinheiro, melhor não insistir, porque aqui, quem manda sou eu.

Se a vizinha foi enganada, virou garota de programa, aqui e depois na Europa, isto é um problema que ela e sua família tinha que ter levado aos Tribunais, já que ela era menor de idade na época, pois fazer promessa que não seram cumprida, ainda mais espalhar pois ai, o mal feito. Resolvam com o Walber Duarte, foi ele que expor ela a esta situação, em parte, porque o resto é comportamento dela.

Eu trabalhei, estudei, viajei, no Brasil, na América do Sul, na Europa, já tive decepções com namorados, mas nada disso, me fez pensar em ser uma garota de programa, pelo contrário, as decepções me fizeram perceber que estas pessoas não eram nem para ter entrado na minha vida.

ERREI... MAS ISTO NÃO FEZ SAIR POR AI, QUERENDO FAZ DA MINHA VIDA, UMA DIVERSÃO OU ETERNAS DESILUSÕES.

Mas foi a partir do estudo do comportamento alheio, que tentei definir limites ao meu comportamento.

Bebo socialmente, não fumo, como moderadamente, sexo com pessoa confiável, danço muito, amo muito e que tenho a certeza que tenho uma saúde de ferro, sou doadora de sangue, não posso sair por aí, transando com qualquer um.

Gosto sim de sexo, mas sou tranquila no assunto, só mesmo quando estou interessada e a fim, fora disso sou uma pedra de gelo, sem nenhum interesse. Quem manda neste tema, é a minha mente, meu corpo é totalmente controlado por ela. Portanto, não há risco de me envolver com gente que não tenha uma vida regrada.

Sendo assim, a história de dar a bunda, é puramente racional, não será por prazer, como diz, a garota de programa: GANHO COM ISTO, pois sexo para mim,  é PRAZER.  Agora, que tenho que fazer, só para esconder o sol com um peneira é loucura... EU NÃO IREI AJUDAR NINGUÉM. Se querem esconder o que o Walber fez, isto não é problema meu, é dele ou deles... quem esta por trás dele?



FOTO DE 5 ANOS ATRAS... HOJE ESTOU COM O CABELO CRESPO E ENCARACOLADOS.


FOTO DE AGORA ... TO MAIS CHEINHA... 5 KG A MAIS.