sábado, 14 de novembro de 2015

ATAQUE SUICIDA, HOMENS BOMBAS, CONSPIRAÇÕES E OUTRAS FORMAS DE DEMONSTRAR PODER

Quero comentar sobre estes crimes, que de certa forma surgiu com maior intensidade, durante a 2 Grande Guerra.

 
O intuito era o ataque surpresa, de forma a não deixar opção ao inimigo, chegar com tudo, para destruir o inimigo e sem medo de morrer para este objetivo.
 
Os Japoneses, aliados dos Nazistas,  foram mestres nestes ataques suicidas, tinha um grupo especifico e treinado para estes tipos de ataques. VENCER NA MORTE.
 
Quero relembrar, que estes tipo de comportamento, são de pessoas que estão dispostos a tudo, para vencer, a morte seria a glória da sua vitória.
 
Quando, a 2 Guerra acabou,  achamos que iriamos construir o paraíso, veio vários grupos, entre os Hyppes, com uma nova ideologia de vida, onde a vida era feita para o  prazer, não para lutas e guerras. A geração pós-guerra, vieram contudo para conquistar seu espaço, tentar levar PAZ ao mundo.
 
Quero aqui comentar o que penso sobre o fato, que mesmo com movimentos de PAZ e AMOR, de muitos seres humanos, tem uma CONSPIRAÇÃO do outro lado, do lado que perdeu a guerra, que não conforma de ter que mudar os planos feitos de um mundo perfeito para eles.
 
No final da guerra, muitos nazistas fugiram, mudaram seus nomes, mudaram de países e até construíram novas famílias. Quero aqui dizer, que o Nazismo em si, era toda uma aliança de dominação do planeta e de implantar um mundo perfeito. E que eles ainda existem, estão ai do seu lado, no mundo inteiro, esperando o dia para colocar seu plano em pratica.
 
QUERO DIZER AO FBI, CIA, A PF, ONU E DEMAIS ORGÃO QUE BUSCAM ESCLARECER FATOS E ESTABELECER A PAZ, O SEGUINTE:
 
ELES ESTÃO TENTANDO,  CONDUZIR O PLANETA A UMA NOVA GUERRA MUNDIAL, POR MEIO DE ATAQUES COMO ESTES E OUTROS QUE OCORRERAM.

 ESTES ATAQUES NÃO SÃO APENAS DE ORIGEM ISLAMICAS, TEM OUTRO LADO, UM LADO SECRETO, DE UMA CONSPIRAÇÃO, UM LADO SECRETO E DESUMANO, DE LEVAR AS PESSOAS A SE ODIAREM, E USANDO O SIMBOLO DE UM POVO OU DE UMA RAÇA, ATÉ SE ORGANIZAGEM POR COMPLETO E VOLTAR ONDE PARARAM, QUANDO A GUERRA TERMINOU.
 
Se forem procurarem na história, são poucos fatos relacionados a estes designados aos Islã, só após guerra, após a fuga dos nazistas, começaram a mostrar sua cara e nome. Deixo aqui registrado, não apenas o povo de origem árabes, mas uma conspiração de um povo que perdeu a guerra e seu sonho de dominar o mundo. TOME CUIDADO, POIS O MUNDO INTEIRO ESTÁ CHEIO DE SEUS DESCENDENTES QUERENDO CONTINUAR O QUE SEUS PAIS E AVÔS SONHARAM.
 
De um lado estão descendentes, que fugiram da guerra, querendo PAZ e AMOR, do outro lado, estão os descendentes e simpatizantes das ideologias NAZIPROTESTANTE, querendo a dominação do mundo, por meio da força e da imposição da sua vontade.
 
O MUNDO CORRE PERIGO.
 

Ataque suicida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
        


Ataques de Kamikaze no USS Bunker Hill, em maio de 1945.
 
Um ataque suicida é qualquer tipo de operação bélica em cujo processo quem ataca tem a intenção de morrer.

Exemplos de ataques suicida são Kamikaze e homens-bomba.[1] [2] [3]

Um ataque suicida caracteriza-se por ser uma ação perpetrada contra um alvo específico em que o indivíduo perde a vida ao concretizar o ataque, sendo essa morte crucial e desejada pelo perpetrador, diferenciando-se de missão suicida, a qual se caracteriza por ser uma ação em que o indivíduo sabe que vai perder a vida porque não irá escapar a tempo e não há outra solução senão morrer ao completá-la, ou seja, a morte do perpetrador durante o ataque é uma necessidade e não uma causalidade[4] . O termo “Ataque Suicida” é redutor e simplificado para classificar os ataques em que o próprio membro da organização terrorista, que efetua o ataque, morre. Os motivos adjacentes a esse tipo de ataques são, algumas vezes, diferentes dos motivos que levam alguém a suicidar-se, aproximando-se também dos motivos do sacrifício ou do martírio.

Segundo a base de dados Iraquiana para contagem de cadáveres, entre Março de 2003 e Dezembro de 2010 ocorreram 1003 ataques suicidas contra alvos iraquianos que resultou em 12 284 mortes[5] . No Afeganistão são usados frequentemente turbantes e vestes próprias para esconder os explosivos, no entanto o método mais utilizado nos bombardeamentos são os veículos. Desde 2007 que os veículos são usados habitualmente em ataques suicidas no Paquistão, resultando num número de mortes semelhante ao número no Iraque[5] .

As primeiras explicações para o terrorismo suicida surgiram nos anos 80 do século XX contudo, a partir dos anos 90 começou a ser evidente que as explicações anteriormente dadas não eram suficientes para identificar quais os indivíduos que se tornavam mais tarde em terroristas suicidas e porque é que as organizações começavam a usar cada vez mais este tipo de ataques[6] .

Os ataques suicidas atraem muito mais publicidade do que qualquer outro ataque, não só pela morte do próprio membro da organização como também pelo grande número de vítimas inocentes que causa. Algumas das vezes o ataque tem apenas como objetivo obter atenção, sendo uma forma fácil de ser notícia em todo o mundo e de ajudar a publicitar as causas pelas quais as organizações terroristas lutam[7] .