domingo, 22 de novembro de 2015

DE BEM COM A VIDA E FELIZ

Apesar dos pesares, a vida segue.

Perdi meu pai, há  mais de 30 anos e minha mãe, o ano que vem completará 20 anos.  TIVE QUE APRENDER A SER FORTE.

Não tenho medo da vida,  pois a vida foi muito cruel  comigo muito cedo.

HOJE TUDO É APRENDIZADO... hoje curto, vivo feliz mesmo na adversidade.  SOU FELIZ.

Só  que estas dificuldades, tive que aprender a se desapegar da vida, mudo o sentido dela num piscar de olho, se preciso for.

Tenho que enfrentar as adversidades e arrumar soluções em uma rapidez, pois na realidade, SOU SÓ, SOZINHA...  NÃO POSSO DEPENDER DE NINGUÉM.

MAS OLHA O RESULTADO DESTA DIFICULDADE,  SOU TOTALMENTE LIVRE.

SOU LIVRE. ... E NINGUÉM ME FARA SOFRER NOVAMENTE, POIS NÃO EXISTE MAS ESPAÇO PARA SOFRIMENTO, NO MEU CORACAO...  SOU FRIA, INFELIZMENTE SOU... GOSTO, MAS NÃO ME APEGO.