sábado, 19 de março de 2016

Se houver vazamento novamente, Ministro irá trocar toda PF





MINISTRO DIZ A JORNAL QUE NÃO TOLERARÁ VAZAMENTOS DA PF; ENTIDADES REAGEM.

Ligado ao PT, Eugênio Aragão tomou posse na Justiça na última quinta-feira.

Associações da Polícia Federal afirmam que ministro precisará de provas.

O novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão, disse, em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo” publicada neste sábado (19), que não vai tolerar vazamentos de investigações e disse que, se “cheirar” vazamento por um agente, a equipe inteira será trocada, sem a necessidade de ter prova.

O presidente da Associação de Delegados da Polícia Federal (ADPF), Carlos Eduardo Miguel Sobral, reagiu às declarações do novo ministro dizendo que a entidade não compactua com vazamentos. A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) disse esperar que a gestão de Aragão foque na busca do equilíbrio dos ânimos internos da PF.