quarta-feira, 31 de agosto de 2016

DOMINGO 04/09, O POVO CONTRA O GOLPE

DEMOCRACIA EM LUTO... O POVO NÃO ACEITA A DECISÃO DO SENADO

HOJE O BRASIL PROVOU O GOSTO AMARGO DA QUEDA DA DEMOCRACIA.  DERRUBARAM A DEMOCRACIA E ISTO O POVO VAI SAI E IRÁ LUTAR.

NENHUMA MANIFESTAÇÃO FOI FEITA PARA MOSTRAR O CONTENTAMENTO DO POVO EM CUIABÁ, PELO CONTRÁRIO, ESTAMOS EM LUTO PELO GOLPE.

ESTAMOS EM LUTO.

O POVO BRASILEIRO NÃO QUER SABER DA DECISÃO DO SENADO, QUER A DEMOCRACIA DE VOLTA.

Resultado de imagem para luto pelo brasil


SE NOSSO VOTO NÃO VALE, ESTÃO PARA QUE VAMOS VOTAR NAS PROXIMAS ELEIÇÕES.

ADEUS DEMOCRACIA...  SE QUEREMOS NOSSA DEMOCRACIA DE VOLTA,  VAMOS TER QUE LUTAR.


Resultado de imagem para luto pelo brasil
Adicionar legenda
 Resultado de imagem para luto pelo brasil



Resultado de imagem para DIREITO DE NÃO VOTAR




Resultado de imagem para luto pelo brasil
Resultado de imagem para DIREITO DE NÃO VOTAR

O POVO NA RUA E NÃO ACEITA DECISÃO DO SENADO FEDERAL... É A RESPOSTA DO POVO.... VAI TER LUTA.


Maiores atos de apoio a Dilma e contra o presidente Michel Temer 

ocorrem em SP, Rio e Brasília; na Avenida Paulista, também ocorre 

comemoração' em pequeno numero.


Manifestantes participam do protesto Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo - 31.8.16
Manifestantes participam do protesto "Fora, Temer", na Avenida Paulista, em São Paulo, nesta quarta-feira (31)

Apoiadores da agora ex-presidente Dilma Rousseff realizam protestos contra o impeachment
da petista em ao menos dez Estados, mais o Distrito Federal, desde o fim da tarde desta
-feira (31).
Os maiores atos acontecem em São Paulo, onde os manifestantes tomaram parte da Avenida
Paulista, na região central da cidade; no Rio de Janeiro, onde o ato ocorre na praça da
 Cinelândia; e em Brasília, onde os apoiadores de Dilma se concentram na Praça dos Três
Poderes.










Publicidade
As manifestações foram convocadas pelos movimentos da sociedade civil Frente Brasil
Popular e Povo Sem Medo por meio das redes sociais. Embora o número de participantes
das manifestações em São Paulo, Brasília e no Rio de Janeiro seja considerável, o mesmo
não ocorre em outros lugares, como em João Pessoa (PB), onde o ato de apoio à Dilma é
 quase inexpressivo.
Também registraram manifestações pró-Dilma e contra o agora presidente efetivo, Michel
Temer, os Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Minas Gerais,
Rio Grande do Sul, Ceará, Paraná e Pará.

Confusão


Manifestantes comemoram na Avenida Paulista, em São Paulo, o afastamento definitivo da presidente Dilma Rousseff
Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo - 31.8.16
Manifestantes comemoram na Avenida Paulista, em São Paulo, o afastamento
definitivo da presidente Dilma Rousseff


Na Avenida Paulista, além dos apoiadores de Dilma, também ocorre um ato em comemoração
ao impeachment em frente ao prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo
 (Fiesp). 
Por volta das 18h40, houve confusão entre pessoas contra e a favor do impeachment no local.
 Um grupo começou a gritar xingamentos contra o PT. A polícia interveio e a confusão foi
 dispersada.
Dois bonecos foram  inflados pelos manifestantes pró-impeachment: um representando
Dilma e o outro, Renan Calheiros.
A Polícia Militar fez um cordão de isolamento entre o quarteirão onde estão os manifestantes
 pró-impeachment e o quarteirão onde ocorre manifestação contra o impedimento de Dilma.
carros  da tropa de choque também ajudam no bloqueio.

MÍDIAS DIGITAIS NA LUTA CONTRA O GOLPE E CONTRA O SENADO... É GOLPE SIM E VAI TER LUTA

SOMOS 1 MILHÃO DE NINJAS

Depois de meses de uma luta diária em defesa da democracia e contra o ataque aos direitos constitucionais e individuais, ameaçados pelo processo de impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff, vimos a Câmara, e depois o Senado, aprovar o impedimento desta presidenta e cassar o direito de voto de seus 54,5 milhões de eleitores.

Neste dia histórico, a nossa página atinge a marca de 1 milhão de seguidores. São três anos de atividades da Mídia NINJA e 10 anos de construção do Fora do Eixo. Alcançamos esse número histórico no contexto de mais uma cobertura direto do Palácio do Alvorada, evocando e dando voz a esta mesma presidenta que, nos últimos meses, representou mais e melhor do que ninguém, os princípios e os valores que nos trouxeram até aqui.

Saímos do interior do Brasil para defender a construção de um movimento social que partisse da cultura e da comunicação para reinventar novas formas de participação política e novos modos de conviver. Experimentamos um momento histórico do qual o Brasil não se esquecerá. Somos parte das conquistas que só foram possíveis a partir das gestões do torneiro mecânico, Luiz Inácio Lula da Silva na Presidência da República e do artista Gilberto Gil, junto com o sociólogo Juca Ferreira, no Ministério da Cultura. Estes homens públicos abriram as portas do poder às expressões mais genuínas e diversas e, ao mesmo tempo, mais discriminadas do Brasil profundo.

Somos parte da disputa do poder popular, das redes colaborativas, de uma cultura democrática e de resistência. Somos também fruto, sumo e semente desse processo. Juntos nos somamos à construção permanente do novo Brasil, mais plural, diverso e justo. Seguimos comprometidos com a defesa dessas expressões e princípios.

Em tempos digitais, os desafios passam pela luta por uma nova comunicação que preze pelo interesse público e se proponha a construir novas histórias e  imaginários. Fazemos uso destas tecnologias da forma mais livre possível, transformando-as em ferramentas fundamentais às novas narrativas políticas e estéticas da sociedade contemporânea.

Hoje, não temos o que comemorar, mas não podemos deixar de externar alegria por chegar até aqui. Seremos milhões de Ninjas na resistência democrática que irá se intensificar a cada dia. Eles têm a grande mídia e nós, uns aos outros. Não vai ter arrego! Seguimos ao vivo e, reiteramos o que sempre dissemos: é golpe e vai ter luta!

Adicionar legenda


://www.facebook.com/midiaNINJA/photos/a.164308700393950.1073741828.164188247072662/710816405743174/?type=3&theater

RJ E DEMAIS CAPITAIS NA RUA CONTRA O SENADO E TEMER

AS MANIFESTAÇÕES NAS CAPITAIS BRASILEIRAS ESTÃO AUMENTANDO.

HOJE O POVO FOI PARA RUA QUERENDO RESTAURAR A DEMOCRACIA.

NÃO VAI FICAR ASSIM, O SENADO IRÁ PAGAR POR TRAIR O POVO.

TEMER VAI PAGAR POR QUERER TOMAR O PODER.

O POVO QUER A DEMOCRACIA DE VOLTA.


"Canalhas, canalhas, canalhas", disse o senador Lindbergh Farias, nordestino do Rio de Janeiro, em sua fala durante a votação do impeachment. Parece que os cariocas concordam com o senador e tomam as ruas na noite de hoje, contra os golpistas, contra a morte da democracia e contra esse governo neoliberal que avança sobre o país.

Mais que nunca o Rio é #ForaTemer

Foto: Mídia NINJA

O BRASIL NÃO ACEITA A DECISÃO DO SENADO - FORA TEMER

Hoje é quarta-feira. Dia de levar golpe no senado, dia de defender o que sobrou da democracia, dia de correr da policia.
Dia 31 de agosto de 2016. Um dia que não iremos esquecer.
Em São Paulo, são milhares de pessoas violentamente expulsas das ruas nesse momento pela PM. Hoje é o começo da Era Temer.
Fotos: Bianca Araújo / Midia NINJA

Manifestantes protestam contra o governo Temer na Avenida Paulista (Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo)

sábado, 27 de agosto de 2016

SALÁRIO NA CONTA TANTO O ESTADUAL, QUE É O MEU, E O FEDERAL QUE DA MINHA IRMÃ

BOM GENTE... SÓ INFORMANDO ... SALÁRIO NA CONTA, PARA TODOS OS SERVIDORES ESTADUAIS.

MINHA IRMÃ GLORIA LYZIA FANAIA DE ALMEIDA FILHA TAMBÉM RECEBEU ESTA SEMANA, É DO TRT, MAS É FEDERAL.

ENTÃO PESSOAL DO COMERCIO... A TURMA ESTÁ COM O SALÁRIO EM DIA E SEM ATRASO. CADA QUAL COM SEU SALÁRIO NA CONTA.

TODOS OS SERVIDORES RECEBERAM, TANTO ESTADUAIS E FEDERAIS.

LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE... SERÁ QUE EXISTE MESMO NA FRANÇA?

ESTÃO FAZENDO CRITICAS AOS COSTUMES MUÇULMANOS, PROIBIRAM O USO DO BURQUINI EM ALGUMAS PRAIAS FRANCESAS.


Resultado de imagem para BIKINI MUÇULMANO
BURQUINI MUÇULMANOS
ISTO É A LIBERDADE DAS MULHERES MUÇULMANAS


AS FREIRAS RESOLVERAM AJUDAR AS MUÇULMANAS E FORAM PARA PRAIA DE HÁBITOS RELIGIOSOS E TOMARAM BANHO NO MAR.

AGORA, QUEM VAI IMPEDIR A IGREJA CATÓLICA, DE NÃO DEIXAR AS FREIRAS TOMAR BANHO NO MAR DE HÁBITOS RELIGIOSOS CRISTÃOS. 

ELAS TAMBÉM NÃO PODEM MOSTRAR O CORPO, COMO AS MUÇULMANAS.

Adicionar legenda

Adicionar legenda
EU SOU CONTRA QUALQUER TIPO DE PROIBIÇÃO, EU GOSTO DE UM FIO DENTAL, MINHA FILHA É MAIS DISCRETA, GOSTA DE BIQUINES MAIORES E CONHEÇO GENTE QUE VAI SÓ DE MAIO.
ISTO É DISCRIMINAÇÃO, POIS CADA UM USA O QUE QUISER.

LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE
Adicionar legenda

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Fases e fases, quem não tem?

Adicionar legenda


Bom, estou a pensar, as fases da vida, fico imaginando o quanto mudamos e vivemos dias diferentes.

As vezes temos fases de sermos amáveis e doces, talvez fases imensas, já tive fases assim, em tempos de PAZ e PAZ.

Mas a vida nos força a mudar de sentido, é neste momento que tudo virá de cabeça para baixo e você muda ou assumi uma postura, que para muitos é de REVOLTA.

Pensando bem, não é bem assim, a REVOLTA é mudança e vida se transformando e renovando.  É claro, que não irá agradar a todos, já que está saindo uma fase PAZ e AMOR, para uma fase de PAZ e VIVER PARA SI.

Estamos aqui na luta e em busca de uma de igualdade de DIREITOS, estou falando de nós mulheres, não sou SUBMISSA e muito menos IGNORANTE. SOMOS SERER HUMANOS, COM DIREITOS IGUAIS A TODOS.

É A MINHA VIDA QUE QUERO DE VOLTA... NÃO SER USADA E ABUSADA POR PESSOAS QUE QUEREM SE APROVEITAR DA SUA RESILIÊNCIA E SUA PACIÊNCIA.


NÃO SOU A MULHER DO SEUS SONHOS

Adicionar legenda

Adicionar legenda




HOMEM FÁCIL, A GENTE USA APENAS UMA VEZ.




HOMEM FACIL É ASSIM... SE TRANSOU NA PRIMEIRA NOITE, NÃO QUEREMOS MAIS... HOMEM TEM QUE DAR O VALOR.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

DIVULGAÇÃO DE INQUÉRITO SOBRE SÍTIO FOI 'EQUÍVOCO', DIZ MORO

:
Despacho do juiz Sérgio Moro que autorizou a PF a investigar o sítio em Atibaia (SP) frequentado pelo ex-presidente Lula foi publicado no sistema do TRF "inadvertidamente", informou o magistrado em um novo despacho, divulgado nesta quarta-feira 10; segundo ele, toda a investigação, inclusive sua própria decisão, deve correr em segredo de justiça; após o despacho ter se tornado público, Moro reconheceu que "prejudicado o sigilo" da decisão, já "não faz sentido mantê-lo [o sigilo do despacho inicial]"
10 DE FEVEREIRO DE 2016 ÀS 14:03 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM Telegram
Alex Rodrigues, repórter da Agência Brasil - O despacho do juiz Sérgio Moro que autorizou a Polícia Federal (PF) a instaurar um inquérito para apurar se empresas investigadas na Operação Lava Jato pagaram por obras de melhorias em um sítio frequentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi publicado ontem (9) "inadvertidamente" no site do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, por um equívoco do Poder Judiciário.
A divulgação do despacho inicial que, segundo o próprio Moro, deveria ser sigiloso, permitiu que a imprensa noticiasse a intenção da PF de apurar a eventual relação entre empresas investigadas na Lava Jato, como as construtoras OAS e Odebrecht, e o sítio frequentado por Lula
Em um novo despacho divulgado na manhã de hoje (10), Moro afirma que a decisão anterior foi "lançada automática e inadvertidamente" no sistema que permite ao público consultar os processos que tramitam na Justiça Federal sem os devidos cuidados para manter o segredo sobre a investigação.
Em seu primeiro despacho, datado do último dia 4 e divulgado no site do TRF4 às 18h22 dessa terça-feira (9), o juiz determinava que, a partir daquele momento, toda a investigação corresse em segredo de justiça, incluindo sua própria decisão.
"Além da extensão da investigação para além do âmbito da empresa OAS, entendemos que as diligências em curso demandam necessário sigilo, já que o fato ainda está em investigação, razão pela qual foram carregados documentos com nível de sigilo diferenciado [nível 2] daquele atualmente existente no IPL [Inquérito Policial] 0594/2014, inclusive esta própria representação", sentenciou Moro, deixando claro que o próprio despacho deveria estar inacessível ao público.
Após o despacho ter se tornado público e a imprensa ter noticiado o fato, Moro reconheceu, em outro despacho publicado às 11h11 de hoje (10), que "prejudicado o sigilo" da decisão de desmembrar o inquérito, já "não faz sentido mantê-lo [o sigilo do despacho inicial]". A nova decisão se aplica apenas à divulgação da autorização para que a PF investigue a relação do imóvel localizado em Atibaia (SP) com a empresa OAS e outras empresas e pessoas físicas investigadas na Operação Lava Jato.
As suspeitas de que o ex-presidente Lula ou pessoas investigadas na Operação Lava Jato tenham algum vínculo com o sítio de Atibaia surgiram recentemente e vinham sendo investigadas dentro do Inquérito Policial 0594. Para a PF, como o inquérito inicial já foi relatado, faltando apenas o resultado de algumas perícias para ser concluído, era necessário desmembrar os autos para dar prosseguimento à apuração.
Há indícios de que construtoras pagaram para reformar a propriedade, registrada em nome de Fernando Bittar e Jonas Suassuna, sócios de um dos filhos do ex-presidente Lula, Fábio Luis Lula da Silva, na empresa Gamecorp. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a ex-primeira dama, Marisa Letícia, comprou um pequeno barco de pesca de alumínio e pediu que o equipamento fosse entregue na chácara.
O Instituto Lula informou que o ex-presidente e Dona Marisa frequentam o sítio em momentos de folga, a convite dos donos, que são amigos da família. Em nota, o instituto disse haver uma tentativa de associar o petista a supostos atos ilícitos para "macular a imagem do ex-presidente". Procurado, o instituto não se manifestou sobre a divulgação inadvertida da decisão de Moro.

http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/216493/Divulga%C3%A7%C3%A3o-de-inqu%C3%A9rito-sobre-s%C3%ADtio-foi-'equ%C3%ADvoco'-diz-Moro.htm

OAB SE UNE AO CNS PARA COBRAR DE CANDIDATOS O FORTALECIMENTO DO SUS


A saúde pública ganhou um grande aliado para entrar de vez na pauta das campanhas eleitorais municipais deste ano. O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Ronald Santos, articulou uma parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para forçar o compromisso de candidatos a prefeitos e vereadores com o Sistema Único de Saúde, o SUS.
Reunidos na noite desta terça-feira (23), Ronald e Claudio Lamachia, presidente nacional da OAB, fecharam parceria em ações a serem realizadas nos municípios brasileiros. A ideia é encaminhar a carta aprovada pelo Pleno do CNS que cobra o compromisso dos candidatos com o SUS. “Mais uma vez tenho a convicção de que a OAB pode jogar um papel decisivo na garantia do direito à saúde, um direito conquistado com muito esforço do povo brasileiro através de emendas populares na Constituição de 1988. A expectativa que tínhamos com relação ao presidente Lamachia nesse sentido foi totalmente atendida com a construção de uma agenda comum de ações tanto nos municípios quanto no âmbito nacional para garantir a construção e aglutinação de forças sociais e políticas que consigam fazer o enfrentamento ao possível retrocesso e retirada de direitos”, disse Santos.
A OAB se comprometeu a acionar suas 27 seccionais para que envolvam suas subseções e organizem eventos que busquem o compromisso dos candidatos municipais a prefeito com a carta. “Vivemos no Brasil uma crise econômica sem precedentes, que demanda um ajuste fiscal, com corte de despesas em diversas áreas. No entanto, áreas como a saúde não podem sofrer cortes. É preciso que fique claro que falar sobre saúde é falar sobre vida e cidadania”, disse Lamachia.
A carta
O movimento iniciado pelo CNS tem em suas diretrizes e na carta “O fortalecimento e defesa do SUS nas eleições municipais”. “Candidato que não tem histórico e nem compromisso com o SUS não tem o nosso apoio e nem terá o nosso voto”, diz o documento. A carta também trata do subfinanciamento do SUS, explicando propostas em tramitação no Congresso Nacional que enfraquecem a saúde pública.
ANEXOS

https://www.susconecta.org.br/2016/08/oab-se-une-ao-cns-para-cobrar-de-candidatos-o-fortalecimento-do-sus/

Em condição de anonimato, procurador confessa que Lava Jato foi criada para derrubar Dilma Rousseff


Aecio
Adicionar legenda

Em condição de anonimato, procurador confessa que Lava Jato foi criada para derrubar Dilma Rousseff


Jornal GGN – Sob anonimato, um procurador da Operação Lava Jato disse à jornalista Natuza Nery, responsável pelo Painel da Folha desta quarta (24), que o sentimento comum na força-tarefa hoje é de que eles foram usados para derrubar a presidente Dilma Rousseff e, agora que o impeachment está quase consolidado, estão sendo descartados. “Éramos lindos até o impeachment ser irreversível. Agora que já nos usaram, dizem chega”, disse o procurador.
Conforme o GGN mostrou semanas atrás, a Lava Jato bateu recorde de aparecimento nas manchetes de jornais durante o mês de março de 2016, criando o clima favorável ao impeachment de Dilma Rousseff na Câmara. Mais de um terço das capas da Folha foram dedicadas à operação e a outras investigações contra Lula. O próprio Datafolha nunca usou as pedaladas fiscais para questionar à população se Dilma merecia o impeachment. A pergunta feita era se as “revelações” da Lava Jato deveriam render o seu afastamento. 


A fala do procurador ocorre após o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes reagir ao vazamento de suposta delação da OAS citando Dias Toffoli, membro da Corte, apenas para criar constrangimentos. Segundo a colunista, “o Estado-maior da Lava Jato é unânime: o avanço das investigações sobre setores do Judiciário pode acabar se transformando em um freio na operação.”
Após o episódio, Gilmar deu uma série de entrevistas sinalizando que a Lava Jato está se comportando como um grupo de “heróis” sem limites e que deveria, ao invés disso, “calçar as sandálias da humildade”. O ministro também disparou contra uma das propostas defendida pelos membros da operação no Congresso, que trata da permissão de usar provas obtidas de maneira irregular, desde que de boa-fé. Chegou a dizer que isso é coisa de “cretino”.
Com a reação do ministro do STF, o procurador-geral da República Rodrigo Janot veio à tona defender a Lava Jato do vazamento. Disse que a responsabilidade pelo factóide entregue à Veja era dos advogados da OAS, que estariam fazendo pressão para fechar a delação de Leo Pinheiro. Ele também afirmou que não existe nenhuma menção a Toffoli no depoimento. O PGR usou esse argumento para suspender as negociações.
HISTÓRICO DE ABUSOS
A suspensão e a pressão do Supremo para isso são atitudes inéditas na Lava Jato. Não é como se a operação já não tivesse se envolvido em episódios polêmicos que colocaram em xeque os limites de sua atuação. A título de exemplo, no caso do vazamento de um grampo presidencial, por exemplo, o máximo que ocorreu foi o juiz federal Sergio Moro pedir desculpas a Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. Dilma Rousseff, que foi derrubada na Câmara dias após esse vazamento, aponta que esse tipo de vazamento “é crime em qualquer lugar do mundo”.

http://www.debateprogressista.com.br/em-condicao-de-anonimato-procurador-confessa-que-lava-jata-foi-criada-para-derrubar-dilma-rousseff/

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

PROCESSO NO TSE AVANÇA E TEMER PODE SER CASSADO, APOS O IMPEACHMENT DA DILMA.

Leia, abaixo, nota divulgada pelo TSE:
A Corregedoria-Geral do TSE recebeu na noite desta segunda-feira (22), o laudo da perícia contábil determinada na AIJE 1943-58.
Em resumo, os peritos identificaram que as empresas Rede Seg, VTPB e Focal não apresentaram documentos hábeis a comprovar que os gastos eleitorais contratados pela chapa presidencial eleita em 2014 foram entregues em sua integralidade à campanha vitoriosa.
Por outro lado, o laudo pericial indicou que a Editora Gráfica Atitude não foi contratada pela chapa presidencial eleita em 2014.